Pesquisar notícia
domingo,
24 out 2021
PUB
Região

Galeria de arte contemporânea vai ser inaugurada em Ponte de Sor na sexta-feira

26/04/2021 às 15:42
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

Uma galeria de arte contemporânea vai ser inaugurada em Ponte de Sor, no distrito de Portalegre, com o objetivo de “reforçar e implementar” a dinâmica cultural e o mercado no país, anunciaram hoje os promotores.

A galeria, denominada “Meraki”, palavra grega que significa “fazer algo com alma, amor ou criatividade, colocar parte de si em cada detalhe, em tudo o que faz”, vai ser inaugurada sexta-feira, na zona industrial daquela cidade do Alto Alentejo, pelas 16:00.

“Nós queremos mudar um pouco a forma como as pessoas veem a arte contemporânea, apresentar novos artistas nacionais e internacionais que nunca fizeram exposições no Alentejo, pois tudo acontece em Lisboa e, aqui nesta galeria privada, temos a possibilidade de trazer artistas que nunca vieram à região”, explicou a responsável da galeria Meraki, Inês Florindo Lopes, em declarações à agência Lusa.

A galeria vai ficar instalada num espaço arrendado pela Associação Comercial e Industrial de Ponte de Sor (ACIPS).

“Eu concorri ao espaço, a nível económico nós podemos usufruir de alguma vantagem, porque os preços [do espaço] são reduzidos, o que quer dizer que também temos mais margem para podermos ter oportunidades de fazer coisas melhores”, disse.

Inês Florindo Lopes indicou ainda que o espaço “vai ter sempre” exposições e que o projeto pretende também desenvolver trabalhos com os artistas locais, no sentido de desenvolver “uma fusão” com o município, com os cidadãos e artistas.

De acordo com os promotores, os planos de ação da galeria Meraki vão também passar pela venda de peças de arte contemporânea comissionadas, através de uma galeria ‘online’ e através de mostras e exposições no espaço físico.

O agenciamento de autores e das suas obras, através de um conjunto de atividades e serviços no âmbito da curadoria que visam promover artistas no mercado da arte, é outra das vertentes.

A consultadoria artística e cultural, com aconselhamento em compra e venda de obras de arte, avaliação, peritagem, conservação e restauro, é outra das missões do projeto, bem como a criação de projetos de design de interiores e decoração.

No dia da inauguração da galeria será também inaugurada a primeira exposição, tendo recaído a estreia em trabalhos desenvolvidos pelo artista belga Philippe Nayer.

A mostra vai estar patente ao público até ao dia 15 de junho.

Lusa