Pesquisar notícia
terça,
17 mai 2022
PUB
Região

Covid-19: Médio Tejo com 665 contágios no dia que Portugal tem mais de 43 mil casos

18/01/2022 às 19:00
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

A Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo (USPMT) registou nas últimas 24 horas mais 665 novos casos de pessoas infetadas com o novo coronavírus. De acordo com os dados da saúde pública o total acumulado de contágios, desde o início da pandemia subiu para 32.994.

Os 665 contágios reportados esta terça-feira estão localizados em Abrantes (90), Alcanena (44), Constância (5), Entroncamento (33), Ferreira do Zêzere (29), Mação (11), Ourém (160), Sardoal (7), Tomar (140), Torres Novas (137) e Vila Nova da Barquinha (9).

Já com os 665 contágios reportados nas últimas 24 horas o número de casos ativos no território dos 11 concelhos da saúde do Médio Tejo foi atualizado para 7.035. Estes casos estão localizados em Abrantes (1.106), Alcanena (407), Constância (144), Entroncamento (692), Ferreira do Zêzere (255), Mação (133), Ourém (1.430), Sardoal (170), Tomar (1.294), Torres Novas (1.082) e Vila Nova da Barquinha (219).

Portugal registou hoje 46 mortos e 43.729 novas infeções pelo SARS-CoV-2, o maior número de contágios desde o início da pandemia, revelam os dados oficiais, que apontam um novo aumento de internados em enfermaria.

O número de mortes registado nas últimas 24 horas é o mais elevado desde 26 de fevereiro de 2021, quando foram assinalados 58 óbitos.

Estão agora internadas 1.955 pessoas (mais 17) infetadas com o vírus SARS-CoV-2 em enfermaria, dos quais 160 (menos 14) em unidades de cuidados intensivos, revelam os dados do relatório da avaliação da situação epidemiológica da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Desde 02 de março do ano passado, quando estavam internados 1.997 doentes, que não havia tantos internados nos hospitais.

Os 46 novos óbitos associados à covid-19 ocorreram em Lisboa e Vale do Tejo (25), na região Norte (11), no Centro (6), na Madeira (3) no Algarve (1) nas últimas 24 horas.

O maior número de novas infeções registou-se na região Norte (18.116) e em Lisboa e Vale do Tejo (13.987).