Pesquisar notícia
sábado,
27 nov 2021
PUB
Região

Covid-19: Médio Tejo com 14 infetados e 158 vigilâncias ativas

19/05/2021 às 19:33
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

O Médio Tejo teve hoje um registo de 14 novos infetados com o SARS-CoV-2, um número que já não registava há dois meses. É preciso recuar a 18 de março, dia em que houve um registo de 18 infetados, ou a 6 de abril, onde se verificaram 11 novos casos positivos na região.

Neste dia 19 de maio os 14 testes positivos ao coronavírus foram registados em Alcanena (4), Ourém (5), Tomar (2), Torres Novas (2) e Barquinha (1).

De acordo com o relatório epidemiológico da Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo (USPMT) com o mesmo número de recuperados (12 477) e óbitos (378) os casos ativos neste território são agora 60. Estes casos estão localizados em Abrantes (8), Alcanena (6), Constância (1), Entroncamento (8), Ourém (14), Sardoal (1), Tomar (7), Torres Novas (2) e Vila Nova da Barquinha (5). Os concelhos de Ferreira do Zêzere e Mação não têm qualquer caso ativo.

Já no que diz respeito a vigilâncias ativas há a registar mais uma pessoa em confinamento por contacto de risco com infetados. Desde que começou a pandemia que a autoridade de saúde já decretou 7 792 confinamentos para isolamento profilático, com 7 640 a terem alta da quarentena.

Esta quarta-feira, dia 19 de maio, o número total de pessoas em vigilância ativa no Médio Tejo, e com confinamento obrigatório, é de 158 pessoas em Abrantes (4), Alcanena (15), Constância (4), Entroncamento (52), Mação (4), Ourém (13), Torres Novas (63) e Vila Nova da Barquinha (3). Ferreira do Zêzere, Sardoal e Tomar não têm qualquer pessoa em confinamento por contacto com infetados com SARS-CoV-2.

Portugal registou hoje duas mortes atribuídas à covid-19, 511 novos casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2 e uma descida significativa nos internamentos, indica a Direção-Geral da Saúde.
De acordo com o boletim epidemiológico da DGS, estão internados em cuidados intensivos 56 doentes, menos 10 do que na terça-feira
Quanto aos internamentos em enfermaria, os dados oficiais indicam que estão hoje internados 211 doentes, menos 22.

O número de novos casos é hoje ligeiramente superior ao registado nos últimos dias, sendo que metade das 511 novas infeções verifica-se na região de Lisboa e Vale do Tejo (250).
Desde o dia 28 de abril que Portugal não registava mais de 500 novos casos.

As duas mortes ocorreram nas regiões Norte e Centro.

Os dados mostram ainda um aumento de 92 casos ativos de infeção, totalizando agora 22.089.