Pesquisar notícia
segunda,
18 out 2021
PUB
Sociedade

Óbito/Sampaio: Aplausos no último adeus à chegada do cemitério do Alto São João

12/09/2021 às 12:52
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

O cortejo fúnebre do ex-Presidente da República Jorge Sampaio fez a última paragem no cemitério do Alto São João, em Lisboa, às 12:38 de hoje, mais cedo do que inicialmente previsto, e foi recebido por aplausos de populares.

Algumas centenas de populares estão junto ao cemitério do Alto São João para o último adeus ao antigo chefe de Estado, tendo sido colocado algumas grades para manter o distanciamento entre as pessoas e o cortejo fúnebre.

Inicialmente previsto para as 13:30, o cortejo fúnebre chegou às 12:38 ao cemitério, onde estava formada uma guarda de honra constituída por 165 militares dos três Ramos das Forças Armadas, comandada pele capitão-de-fragata Silva Caldeira.

A guarda de honra é composta pela banda da Armada, o estandarte da Marinha, uma companhia de fuzileiros, outra de comandos e uma outra de militares do Centro de Formação e Técnica da Força Aérea na Ota.

Esta guarda de honra está em formatura desde as 12:00 à entrada do cemitério.

O cortejo fúnebre chegou ao cemitério depois de passar pela Avenida da Índia, Avenida 24 de Julho, Ribeira das Naus, Praça do Comércio, momento em que cinco caças F-16 sobrevoam o local, Avenida Infante D. Henrique, Avenida Mouzinho de Albuquerque, Praça Paiva Couceiro e Rua Morais Soares.

Jorge Sampaio, antigo secretário-geral do PS (1989/1992) e Presidente da República (1996/2006), morreu na sexta-feira, aos 81 anos, no Hospital de Santa Cruz, em Carnaxide, Oeiras, onde estava internado desde 27 de agosto, na sequência de dificuldades respiratórias.

O Governo decretou três dias de luto nacional, entre hoje e segunda-feira, e cerimónias fúnebres de Estado.

Lusa