Pesquisar notícia
quinta,
06 out 2022
PUB
Sociedade

GNR de Castelo Branco apreendeu seis armas na Sertã

16/08/2022 às 11:39
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

Seis armas, incluindo duas espingardas caçadeiras, um sabre e uma catana, foram aprendidas pela GNR de Castelo Branco, na Sertã, a um homem de 45 anos, arguido num processo de violência doméstica, anunciou hoje aquela força policial.

Em comunicado, o Comando Territorial de Castelo Branco da GNR esclareceu que as armas, onde se incluem ainda duas carabinas de ar comprimido e 29 munições de diversos calibres, foram apreendidas ao suspeito por militares do Posto Territorial da Sertã, na quinta-feira, através de um mandado de busca, num processo onde o homem é arguido.

Da investigação da GNR resultou que o arguido exercia “ameaças e violência verbal e psicológica, contra a vítima, sua ex-companheira de 49 anos”, mantendo esse comportamento.

À Lusa, o oficial de Relações Públicas do Comando da GNR de Castelo Branco precisou que vítima e suspeito “estarão separados e não vivem na mesma casa” e que o homem, embora arguido no processo de violência doméstica, até ao momento ainda não foi detido, tendo os factos sido remetidos ao Tribunal Judicial da Sertã.

Na mesma nota, a GNR relembrou que a violência doméstica “é crime público” e que denunciá-lo “é uma responsabilidade coletiva”.

Lusa