Pesquisar notícia
sábado,
22 jan 2022
PUB
Economia

Abrantes: João Matos Fernandes e Ana Abrunhosa apresentam Fundo para da Transição Justa

30/11/2021 às 08:16
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

Os ministros do Ambiente, João Matos Fernandes, e da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, vão estar ao final da manhã desta terça-feira (11 horas), dia 30 de novembro, em Abrantes onde vão apresentar as medidas para o Fundo da Transição Justa. Este fundo prevê apoios financeiros para a Área Metropolitana do Porto, por causa do encerramento da refinaria de Matosinhos, em abril passado; Médio Tejo, na Região Centro, onde fecha hoje a central termoelétrica do Pego, no concelho de Abrantes, que funcionava a carvão; e Alentejo Litoral, devido ao fecho da central termoelétrica a carvão de Sines.

Há ainda, segundo o governo, uma outra zona na região centro que vai beneficiar de verbas deste fundo. Trata-se da zona de forte presença da fileira do vidro que também precisa de descarbonização.

Na sessão agendada para Abrantes os dois ministros estarão acompanhados pelos respetivos secretários de Estado, João Galamba (Energia) e Carlos Miguel (Coesão Territorial).

O governo apresente hoje uma medida depois de ter sido publicado esta segunda-feira o aviso em Diário da República que permite a candidatura de empresas a apoios para se instalarem nestas regiões.

Em causa estão verbas do Fundo para a Transição Justa (FTJ), criado pela União Europeia para responder ao impacto da reconversão energética, e que prevê para Portugal 242 milhões de euros, disse à Lusa a ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa.

Deste valor, 90 milhões vão ser antecipados de imediato, recorrendo a verbas do Orçamento do Estado, segundo uma portaria publicada na segunda-feira pelo Governo.

Ana Abrunhosa, ministra da Coesão Territorial, explicou que serão antecipados 30 milhões de euros por cada uma das regiões que serão beneficiadas pelo Fundo para a Transição Justa.