Pesquisar notícia
quinta,
18 jul 2024
PUB
Abrantes

Há duas novas exposições no MIAA

9/07/2024 às 12:07
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter
Absense #5 Foto de Alexandre Baptista

As salas da Coleção Figueiredo Ribeiro, no Museu Ibérico de Arqueologia e Arte - MIAA, recebem duas novas exposições: “Absence, the highest form of Presence”, de Alexandre Baptista, com curadoria de Ana Anacleto; e “Silenciosa, Paciente e Voraz”, de Tiago Rocha Costa, que conta com a curadoria de Andreia César. 

“Absence, the highest form of Presence” reúne três séries de trabalhos desenvolvidos por Alexandre Baptista nos últimos seis anos, bem como uma obra inédita criada especialmente para esta exposição. O artista que, nos últimos anos, tem vindo a desenvolver uma prática multidisciplinar no campo da pintura – “ou, mais concretamente, da imagem pictórica”, segundo a curadora Ana Anacleto – apresenta-nos em “Absence, the highest form of Presence” obras de leitura ambígua, que “reproduzem espaços ou lugares aparentemente vazios”. Seguindo essa linha, o título da exposição cita uma das afirmações de James Joyce sobre a relação com a ausência.

Já a exposição “Silenciosa, Paciente e Voraz” traz-nos um conjunto de obras de Tiago Rocha Costa que, de acordo com a curadora Andreia César, abrem “passagem à curiosidade inata em todos nós”. “Reinventando alguns dos procedimentos da ciência e da história natural – como o apropriar, o conter, o dissecar, o compreender, o inventariar e o sintetizar – o artista concretiza diversas ficções obre a matéria (…)”, enuncia. E é através dessas obras concebidas a partir de uma multiplicidade de materiais que Tiago Rocha Costa promete transportar os visitantes até “lugares geográficos e temporais incertos”.

 

Obra de Tiago Rocha Costa, Sem título, 2024. Fotografia: Tiago Rocha Costa

As exposições ficarão patentes até dia 5 de janeiro de 2025.

O MIAA funciona no horário de terça-feira a domingo das 10:00 às 12:30 e das 14:00 às 17:30 (ao domingo, a entrada é gratuita).