Pesquisar notícia
quinta,
21 out 2021
PUB
Concelhos

Constância: Casa-Memória de Camões recebe sessão de lançamento do livro “O Arneiro, 100 anos depois da I Guerra”

7/12/2018 às 00:00
Partilhar nas redes sociais:
Facebook Twitter

No próximo domingo, 9 de dezembro, às 16h00, a Casa-Memória de Camões, em Constância, vai ser o palco da sessão de lançamento do livro “O Arneiro, 100 anos depois da I Guerra”. Trata-se de um ensaio fotográfico de Paulo Jorge de Sousa e que vai contar com a apresentação do historiador António Matias Coelho.

De acordo com o Município, a 1ª edição do livro é uma edição especial evocativa dos 100 anos sobre o final da I Guerra Mundial, limitada a 100 exemplares numerados e assinados pelo fotógrafo.

“O Arneiro”, obra vencedora do Prémio Literário do Médio Tejo 2017 na categoria de Não- Ficção, agora publicada 100 anos após o final da I Guerra Mundial, tem o objetivo de contribuir para um conhecimento da memória coletiva, com base numa reflexão pessoal do fotógrafo Paulo Jorge de Sousa, no local onde foi feita a Grande Parada.

“Cada imagem pode transportar-nos para um pensamento e cada pensamento pode levar-nos a uma consciencialização sobre a guerra e tudo o que lhe está associado, desde a decisão política à real capacidade e treino dos jovens que na altura foram roubados ao seu tempo e à sua vida, sem saberem sequer para onde os estavam a mandar. O que ficou em Montalvo foi apenas um terreno, magoado, triste, com feridas ainda por curar”, lê-se na nota enviada pelo Município.

Paulo Jorge de Sousa, nasceu no Sardoal em 1964, licenciado em Fotografia, fez o curso de Fotojornalismo. Trabalha na Câmara Municipal de Sardoal desde 1986 e é, atualmente, técnico superior, editor fotográfico e fotógrafo do boletim de informação e cultura da autarquia “O Sardoal”. Já participou em dezenas de exposições individuais e coletivas. Venceu o prémio Literário do Medio Tejo 2017 com este ensaio fotográfico.